Após vaga na final, jogadores do Atlético-ES respondem críticas do Rio Branco-ES

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Campo Acima, Cultura, Destaque, Entretenimento, Esporte no Mundo, Esportes, Estado, Futebol, Futebol Capixaba, Geral, Interior, Itaipava, Itapemirim, Nacional, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Vila de Itapemirim, Vitória-ES

Tags: , , , , , , ,

Publicado em 03 outubro, 2017 com Sem Comentários

Após vaga na final, jogadores do Atlético-ES respondem críticas do Rio Branco-ES

Atletas do Galo da Vila sentiram-se incomodados com o excesso de reclamações feitas pelo Capa-Preta, depois do jogo de ida, em relação ao estado do gramado do José Olívio Soares, em Itapemirim.

Atlético-ES venceu o Rio Branco-ES por 1 a 0 (assista ao gol), pelo jogo de volta da semifinal da Copa Espírito Santo 2017, e garantiu uma vaga na decisão da competição. Após a vitória e classificação, comissão técnica e jogadores do Galo da Vila comemoram o triunfo questionando o excesso de reclamações feitas pelo adversário em relação ao estado do gramado do José Olívio Soares.

De acordo com os visitantes, houve um exagero de reclamação por parte do Rio Branco-ES sobre as condições do campo de Itapemirim. Segundo eles, a sensação que ficou foi de que a derrota no jogo de ida só ocorreu pelo fato do gramado. A vitória no Kléber Andrade, portanto, serviu para mostrar que esse fator não influencia.

Além disso, durante a semana o zagueiro Rhamon Mexicano, do Rio Branco-ES, prometeu raspar o bigode em caso de título do Capa-Preta. Nas redes sociais, o atacante Geraldo, um dos mais incomodados com as reclamações do alvinegro, fez um post satirizando a eliminação do rival. 

Jogadores do Atlético-ES provocam Rio Branco-ES após classificação para final da Copa Espírito Santo (Foto: Reprodução Facebook)

Jogadores do Atlético-ES provocam Rio Branco-ES após classificação para final da Copa Espírito Santo (Foto: Reprodução Facebook)

Sem Comentários

Comentários de Após vaga na final, jogadores do Atlético-ES respondem críticas do Rio Branco-ES estão bloqueados