Arte com a palavra: escritores capixabas recebem comenda

Postado por [email protected] Categoria: Cachoeiro, Cultura, Educação, Entretenimento, Estado, Geral, Nacional, Politica, Sul Capixaba

Tags: , , , , ,

Publicado em 07 julho, 2014 com Sem Comentários

Em sessão solene, 30 escritores capixabas foram homenageados com a Comenda Rubem Braga

IMG_0637A literatura capixaba ganhou espaço na Assembleia Legislativa (Ales) na noite de quarta-feira (2). Trinta escritores, representando vários municípios capixabas, receberam a Comenda Mérito Legislativo Rubem Braga, uma forma de homenagear quem faz arte com as palavras. A sessão solene foi proposta pelo deputado Glauber Coelho (PSB) e, além dos escritores, a homenagem se estendeu a parentes de Rubem Braga que moram no Estado.

O evento contou com a presença de membros da Academia Espírito-Santense de Letras, Academia Feminina Espírito-Santense de Letras e da Academia Cachoeirense de Letras, além de autoridades ligadas à área da cultura, como o subsecretário de Estado da Cultura, Joelson Fernandes.

Para o presidente da Academia Espírito-Santense de Letras, Francisco Aurélio Ribeiro, que falou em nome dos escritores capixabas, a homenagem é uma forma de valorizar a atividade do escritor. “O escritor possui um trabalho quase solitário de escrever e divulgar. Rubem Braga é um exemplo para todos nós. Ele imortalizou a crônica e sua escrita não tinha limites de idade ou classe social. Ele foi um mestre da língua e do pensamento. Avesso ao estrelismo, dedicou-se por completo a fazer o que fazia melhor do que todos: escrever. Agradecemos a homenagem e levaremos no peito o exemplo de Rubem Braga”, disse o imortal.

IMG_0661O encontro de escritores também proporcionou um espaço para discutir os desafios enfrentados pelos escritores capixabas. Eles garantem que a literatura capixaba não deixa a desejar em termos de qualidade e que o volume de produção é acelerado.

“Nossa média de publicação é de novos 300 livros a cada ano. Temos quantidade e também qualidade. Nosso problema está na distribuição. Infelizmente, a maioria das livrarias não ajuda na divulgação e nas vendas dos nossos livros”, opinou a escritora Silvana Soares Sampaio, atual presidente da Academia Feminina Espírito-Santense de Letras.

A Comenda Rubem Braga foi instituída em 2013 para comemorar o centenário de nascimento do escritor cachoeirense. O objetivo da honraria é a celebrar a memória de Rubem Braga e prestigiar quem, como ele, dedica-se ao ofício de escrever. Essa foi a primeira vez que a comenda foi entregue. Além de escritores, também foram homenageados parentes de Rubem Braga. Os sobrinhos Álvaro Braga de Abreu e Silva e Beatriz Braga de Abreu e Lima representaram a família Braga.

IMG_0655“É uma celebração da memória de Rubem Braga e prestigia quem se dedica, como ele se dedicou, ao ofício de escrever, que é uma vocação, uma missão. Os escritores, especialmente os capixabas, merecem esta homenagem e nosso apoio para continuarem lançando suas obras e incentivando as gerações que virão”, disse Glauber Coelho.

Homenageados com comenda

•Agostino Lazzaro, ator e diretor de teatro, escritor, cientista social e diretor do Arquivo Público do Espírito Santo;

•Ariette Moulin Costa, historiadora, escritora, membro da Academia Cachoeirense de Letras, do Instituto Histórico Geográfico de Cachoeiro de Itapemirim e da Academia Feminina de Letras Espírito-santense;

•Carlos Ola, professor de Língua Portuguesa e Literatura; escritor, diretor e ator teatral; redator oficial do município de Guaçuí;

•Célia Ferreira, jornalista, escritora e membro da Academia Cachoeirense de Letras;

•Cilmar Cesconetto Francischeto, pesquisador nas áreas de imigração e fotografia e diretor técnico do Arquivo Público Estadual;

•David Alberto Lóss, presidente da Academia Cachoeirense de Letras;

•Deny Bárbara Soares Silvestre, professora e escritora de Cachoeiro de Itapemirim;

•Elysanna Louzada, professora e escritora de Vargem Alta;

•Ester Abreu Vieira de Oliveira, professora, escritora, membro da Academia Espírito-santense de Letras, do Instituto Histórico Geográfico do Espírito Santo e da Academia Feminina de Letras Espírito-santense;

•Evandro Moreira, jornalista, escritor e membro da Academia Cachoeirense de Letras e Instituto Geográfico de Cachoeiro de Itapemirim;

•Francisco Aurélio Ribeiro, escritor, presidente da Academia Espírito-santense de Letras e membro do Instituto Histórico Geográfico do Espírito Santo;

•Gabriel Bittencourt, professor, escritor e atualmente pesquisador nas áreas de História e Direito;

•Genildo Coelho, professor universitário, escritor e pesquisador da cultura popular;

•Higner Mansur, escritor, membro da Casa de Cultura de Alegre, do Instituto Histórico e Geográfico de Cachoeiro de Itapemirim e da Academia Cachoeirense de Letras;

•Joelma Celin, professora, escritora e pesquisadora na área da imigração italiana no Espírito Santo;

•José Roberto Santos Neves, jornalista, escritor e atualmente subsecretário de Cultura de Vila Velha;

•Luiz Guilherme Santos Neves, professor, historiador, escritor, folclorista e membro do Instituto Histórico e Cultural Espírito Santo;

•Maria Elvira Tavares Costa, agente cultural, escritora e contadora de histórias de Cachoeiro de Itapemirim;

•Matusalém Dias de Moura, escritor, membro da Academia Espírito-santense de Letras, da Academia Iunense de Letras e do Instituto Histórico Geográfico do Espírito Santo;

•Minataha Alcuri Campos, historiadora, escritora e membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo;

•Paulo César Mendes Glória, arquiteto e urbanista, autor dos livros “Pela Cidade” e “A Cidade e o Petróleo”;

•Pedro José Nunes, escritor calçadense, membro da Academia Espírito-santense de Letras;

•Regina Herkenhoff, escritora de Cachoeiro de Itapemirim;

•Reinaldo Santos Neves, escritor e servidor da Universidade Federal do Espírito Santo;

•Ricardo Lemos, jornalista, escritor, cantor e compositor de Cachoeiro de Itapemirim;

•Roney Moraes, jornalista, psicanalista, escritor e membro da Academia Cachoeirense de Letras;

•Rosângela Venturi, jornalista e escritora, professora de Língua Portuguesa em Cachoeiro de Itapemirim;

•Saulo Ribeiro, escritor e produtor editorial na Editora Cousa, em Vitória

•Silvana Soares Sampaio, escritora e presidente da Academia Feminina Espírito-santense de Letras; e

•Wilson Márcio Depes, advogado, jornalista e escritor de Cachoeiro de Itapemirim

IMG_0651 IMG_07471 IMG_07351 IMG_0795 IMG_0784 IMG_0780 IMG_0776 IMG_0757 IMG_0750 IMG_0743 IMG_0737 IMG_0735 IMG_0722 IMG_0713 IMG_0709 IMG_0701

Fonte: http://www.praiavip.com/

Sem Comentários

No momento não há Comentários sobre Arte com a palavra: escritores capixabas recebem comenda. Seja o primeiro Comente!

Faça um Comentário

Voc deve Logado para postar comentario.

%d blogueiros gostam disto: