Atlético-ES é derrotado em casa e vê Remo se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil 2018

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Brasileirão, Campo Acima, Cultura, Destaque, Dinheiro, Economia, Emprego, Entretenimento, Esporte no Mundo, Esportes, Estado, Futebol, Futebol Capixaba, Geral, Interior, Itaipava, Itapemirim, Nacional, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Vila de Itapemirim, Vitória-ES

Tags: , , , , , , ,

Publicado em 07 Fevereiro, 2018 com Sem Comentários

O Galo da Vila sofreu o seu primeiro revés na atual temporada, já o Remo vai enfrentar o Internacional na próxima fase da competição.

Atlético-ES é derrotado em casa e vê Remo se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil 2018 Foto: Marcos Kito

Pela primeira fase da Copa do Brasil 2018Atlético-ES e Remo se enfrentaram na tarde desta quarta-feira, no Estádio José Olívio Soares, em Itapemirim. O Leão Azul não se intimidou, venceu o Galo da Vila, por 2 a 0, com gols de Isac e Felipe Marques, e se classificou para a segunda fase da competição nacional. E, de quebra, acabou com a longa invencibilidade da equipe capixaba, que perdurava desde o dia 10 de setembro de 2017.

Classificado para a segunda fase da Copa do Brasil 2018 após ter vencido o Atlético-ES por 2 a 0, o Remo agora bate de frente com o internacional, que eliminou o Boavista-RJ, também em partida única, na qual houve empate em 1 a 1.

Nesta 2ª fase, tanto o Leão Azul quanto os Colorados precisam vencer o jogo, pois um empate leva a classificação para os pênaltis. Tal qual na 1ª fase, o duelo acontece em apenas uma partida. A definição do mando foi feita por sorteio, no ano passado, e o Remo vai jogar em casa, e decide a vaga contra o Inter no Mangueirão, em Belém do Pará.

O Remo abriu o placar aos 39 minutos da primeira etapa. Rodriguinho cobrou escanteio na área e a defesa do Atlético não fez o corte. A bola sobrou para o centroavante Isac, que de perna direita estufou as redes do goleiro Bambu. O Leão Azul ampliou aos 36 minutos da segunda etapa. O lateral-direito Levy fez boa jogada pela direita e tocou na área para Felipe Marques, que tirou de Bambu e deu números finais ao confronto.

A mudança no regulamento geral da Copa do Brasil em 2018 acabou, de certa forma, favorecendo o Remo neste duelo contra o Atlético-ES. Como nas duas primeiras fases, teremos apenas jogos de ida, o time paraense acabou passando de fase ganhando apenas uma partida. O mando de campo na primeira foi do time de pior colocação no ranking da CBF, no caso o Galo da Vila. Em caso de empate, o visitante avançava, situação que também era favorável ao Remo.

Jogando dentro de casa e precisando da vitória para conseguir a classificação à segunda fase, o Atlético-ES iniciou o jogo controlando a partida. Tanto que logo aos 4 minutos Eraldo quase abriu o marcador. Após cruzamento de Felipe Foca, o camisa 9 do Galo finalizou, mas a bola pegou na trave. O Remo respondeu aos 15 minutos, com Isac cabeceando cruzamento de Esquerdinha. A partir deste momento, o jogo ficou muito brigado no meio de campo, sem que as duas equipes criassem chances concretas de gol. Mas, aos 39 minutos, Isac aproveitou uma falha de marcação do sistema defensivo do Atlético numa cobrança de escanteio e abriu o marcador para o Leão Azul.

Com a desvantagem no placar, o Atlético-ES precisava levar mais perigo à meta do goleiro Vinicius. Mas não foi isso que aconteceu. A equipe capixaba teve muita posse de bola, porém totalmente improdutiva. Em todo segundo tempo, o Galo da Vila teve apenas duas chances concretas de gol. Uma, aos 13 minutos, com o lateral Felipe Foca, e outra, aos 41 minutos, com o atacante Kaio, que finalizou na trave. Mas, dois minutos antes, aos 39 minutos, Felipe Marques, que tinha entrado na segunda etapa, já tinha feito o segundo do Remo e praticamente matado a eliminatória.

Com a derrota por 2 a 0 para o Remo, o Atlético-ES engrossou uma triste estatística para o futebol do Espírito Santo. Com essa eliminação, um time capixaba não passa da 1ª fase na Copa do Brasil há 24 anos. A última equipe a conseguir realizar essa façanha foi o extinto Linhares EC, que em 1994 avançou até as semifinais, passando pelo Fluminense na 1ª fase (que era em duas partidas), até ser eliminado pelo Ceará.

Os dois clubes voltam as suas atenções para os respectivos estaduais. Devido ao carnaval, o Atlético-ES volta à campo no dia 17, às 16h, para enfrentar o Serra, no Estádio Robertão, na Serra. O Remo também volta à campo no dia 17, para enfrentar o Bragantino-PA, às 16h, no Diogão, em Bragança.

Fonte: GE

Sem Comentários

Comentários de Atlético-ES é derrotado em casa e vê Remo se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil 2018 estão bloqueados