Câmara de Vereadores de Itapemirim abre CP contra prefeito interino Thiago Peçanha

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Campo Acima, Cultura, Destaque, Economia, Eleições Sul, Emprego, Entretenimento, Estado, Geral, Interior, Itaipava, Itapemirim, Justiça, Nacional, Polícia, Politica, Política 2016, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Vila de Itapemirim, Vitória, Vitória-ES

Tags: , , , , , , ,

Publicado em 07 novembro, 2017 com Sem Comentários

Câmara de Vereadores de Itapemirim abre Comissão Processante (CP) contra prefeito interino Thiago Peçanha. Ele poderá ser afastado dentro de algumas semanas. 

Thiago é acusado de irregularidades na criação do programa que concede um auxílio gás. A investigação pode resultar na cassação do mandato do prefeito interino, que está desde o final de abril no lugar do prefeito afastado, Luciano de Paiva Alves (Pros). Luciano é adorado em Itapemirim e mostrou isso na última eleição.

A Câmara Municipal de Itapemirim, abriu uma Comissão Processante para julgar uma denúncia contra o prefeito interino Thiago Peçanha Lopes (PSDB). O requerimento foi aprovado por seis votos a cinco na sessão desta terça-feira (7).

A denúncia (009/2017) foi protocolada no início da semana pelo Pros de Luciano de Paiva, em conjunto com o PSB – que tem representatividade na Casa. Segundo o texto, a gestão interina pagou benefícios do programa, criado no início de agosto, sem a abertura de crédito suplementar, com isso mascarando o registro da despesa. Pelo mecanismo do benefício, o Município arca com R$ 50 do valor do botijão de gás e o restante (R$ 30) fica por conta do cidadão beneficiado. O preço pago, supostamente acima do valor de mercado, também é questionado na peça.

Na votação da denúncia, seis vereadores foram favoráveis à abertura do processo que pode levar à cassação do vice-prefeito. Já foram definidos os integrantes da comissão: Joceir Cabral de Melo (PP), presidente; Paulo Sérgio de Toledo Costa (PMN), relator; e Mariel Delfino Amaro (PC do B). Nos bastidores, a informação é que dois integrantes fazem parte da oposição ao interino, sendo que o próprio Joceir votou pelo recebimento da denúncia. A abertura da comissão revela uma mudança de comportamento da Câmara que antes já havia rejeitado outros pedidos de investigação contra Doutor Thiago. Ele já foi denunciado pela pratica de nepotismo. O Ministério Público que orientou expressamente o prefeito a exonerar suas irmãs, possivelmente para evitar ações judiciais, como anotou Fábio Vello em sua decisão:

Na mesma sessão, os vereadores aprovaram um requerimento de informações sobre o programa auxílio gás. O pedido foi assinado por sete vereadores, entre eles, Joceir e Paulo Sérgio, que integram a comissão processante. Eles querem saber o motivo do não pagamento aos fornecedores de gás, bem como os critérios para credenciamento dos vendedores autorizados a receber os vales do município. O pedido não tem relação com a comissão – que deve se reunir pela primeira vez ainda esta semana. A câmara agora vai cumprir os prazos regimentais.

Sem Comentários

Comentários de Câmara de Vereadores de Itapemirim abre CP contra prefeito interino Thiago Peçanha estão bloqueados