Corpo de Bombeiros encontra homem desaparecido no Pico da Bandeira

Postado por Sônia Vieira. Categoria: Acidente, Cultura, Destaque, Entretenimento, Esporte no Mundo, Esportes, Estado, Geral, Internacional, Justiça, Mundo, Nacional, Polícia, Região Serrana, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Turismo, Vitória-ES

Tags: , , , ,

Publicado em 13 julho, 2017 com Sem Comentários

O professor Antônio Teodoro que estava desaparecido desde o último sábado (08), foi localizado nesta quinta-feira (13), por volta das 12h40, pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros.

A equipe informou que Antônio passa bem e está sendo encaminhado para o Pronto-Socorro de Guaçuí. Ele está consciente e andando, porém fraco, por conta dos muitos dias sem alimentação.

Antônio é morador do Sitio Palmital, zona rural de Munhuaçu, Minas Gerais.

 

Mais informações a qualquer momento.

 

Relembre o caso 

 

Uma aventura no Pico da Bandeira, Região do Caparaó, divisa do Espírito Santo com Minas Gerais, não terminou bem para o professor universitário Antônio Teodoro Dutra Júnior, 43 anos. Mineiro de Manhuaçu, ele desapareceu na madrugada de domingo enquanto acompanhava um grupo de excursão até o terceiro ponto mais alto do país.

Antônio Teodoro, conhecido pelo apelido de Rosca, subiu o pico pela trilha capixaba. Ele chegou à portaria do distrito de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, no final da tarde de sábado, acompanhado de um amigo.

Dentro do parque, os dois se juntaram a um grupo de excursão de uma igreja que tinha 38 pessoas, segundo relatou Leonardo, o amigo que o acompanhava, em áudio divulgado nas redes sociais.

No domingo, às 2 horas, começaram a subida ao topo a partir do acampamento da Casa Queimada. A meta deles era alcançar o cume da montanha a tempo de assistir o nascer do sol. São cerca de 4 horas de caminhada.

Além do frio, o tempo estava muito ruim. “As condições estavam críticas, com muito frio, chuva e vento fortíssimo”, disse no Facebook um visitante que esteve no parque no dia do desaparecimento do professor.

No trajeto, o professor acabou se perdendo do grupo. Leonardo, o amigo dele, explicou que os dois caminharam juntos até por volta de 4 horas. Ele contou que depois se afastou um pouco para conversar com conhecidos que faziam parte do grupo de excursão e não o viu mais.

“Quando cheguei ao topo, muita gente havia desistido da caminhada. Pensei que fosse encontrá-lo. Comecei a procurar por ele, mas não o achei e fiquei preocupado”, disse o amigo.

O amigo disse ainda que fez o caminho de volta até a portaria capixaba na intenção de encontrá-lo. Depois, foi de carro até a outra portaria, que fica em Minas Gerais. Sem sucesso, avisou a direção do parque, que deu início às buscas.

 

 

Fonte: Jornal O Fato

Sem Comentários

Comentários de Corpo de Bombeiros encontra homem desaparecido no Pico da Bandeira estão bloqueados