Hartung cobra de Temer posição sobre BR-101: “Inaceitável duas tragédias em 80 dias”

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Acidente, Cachoeiro, Destaque, Dinheiro, Economia, Eleições Sul, Emprego, Estado, Geral, Guarapari, Iconha, Justiça, Mimoso do Sul, Nacional, Norte Capixaba, Polícia, Politica, Política 2016, Presidente Kennedy, Região Serrana, Rio Novo do Sul, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Transito, Vitória, Vitória-ES

Tags: , , , , , , ,

Publicado em 12 setembro, 2017 com Sem Comentários

Hartung cobra de Temer posição sobre BR-101: “Inaceitável duas tragédias em 80 dias”. Governador quer uma postura da ANTT sobre a empresa ECO-1o1. Foto: Rodrigo Gavini/AT

Buscando solucionar os impasses na duplicação da BR 101, o governador Paulo Hartung conversou com o presidente da República, Michel Temer, na manhã desta segunda-feira (11). Na oportunidade, ficou acertado uma agenda entre o governador e o presidente. Hartung também enviará oficio à presidência para protocolar pleito. O encontro entre Temer e Hartung ocorrerá nos próximos dias.

Recentemente, Hartung solicitou atuação técnica da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para tratar do contrato em vigor entre a Eco101 e a União após posicionamento público assumido pela concessionária de que não fará a duplicação da BR. Apesar de ser um contrato da Eco 101 com a União, representada pela ANTT, Hartung ressalta que, como governador, também tem o papel de buscar uma solução, para que os capixabas não sejam prejudicados.

“É inaceitável que num prazo de 80 dias duas tragédias tenham acontecido com tantas vítimas fatais numa mesma estrada do Espírito Santo”, explica o governador Paulo Hartung, após telefonema ao presidente.

O governador também cobra mais segurança junto ao setor de rochas. Recentemente, durante a abertura oficial da 44ª edição da Cachoeiro Stone Fair e na visita do então presidente da república em exercício, Rodrigo Maia (DEM), o governador Paulo Hartung cobrou publicamente ao setor de rochas para avançar em relação à segurança no transporte de rochas e pedras. Hartung acredita que o setor está em franco crescimento no Estado, com importantes avanços na área social, na área trabalhista e na relação com o meio ambiente, porém deixa a desejar no transporte. “Esse setor já cresceu e desenvolveu muito e agora tem que avançar na segurança do transporte de sua carga. Esse é um papel importante”, destacou o governador.

Impasse

A concessionária argumenta que entre os motivos para a interrupção das obras de duplicação na Rodovia estão a falta de recurso, por não ter recebido o repasse total prometido pelo Governo Federal, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES); as questões ambientais e a morosidade em relação a desapropriações. Segundo o governador, um levantamento feito pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) mostrou que R$ 30,5 bilhões de investimentos em estradas estão paralisados em todo o Brasil, e ele não quer que isso ocorra também no Espírito Santo.

“Se há problemas na relação contratual, as questões devem ser passadas a limpo. Não ignoramos o que está sendo alegado pela concessionária, mas um contrato não pode ser quebrado desta maneira. Temos que ter segurança jurídica”, ressaltou o governador, destacando ainda a posição estratégica do Espírito Santo e a importância da BR 101 não só para o desenvolvimento do estado, mas, também, para o Brasil. “Por essa via trafegam pessoas do país inteiro e milhares de mercadorias são transportadas diariamente. O Espírito Santo é uma importante ligação entre o Sudeste e o Nordeste. Aposto no diálogo para que sejam tomadas as medidas necessárias para a continuidade da duplicação da BR 101. Infraestrutura é oxigênio para a competitividade”, disse Hartung em recente entrevista coletiva de imprensa.

 

 

 

Foto: Tribuna Online

Sem Comentários

Comentários de Hartung cobra de Temer posição sobre BR-101: “Inaceitável duas tragédias em 80 dias” estão bloqueados