Nova tentativa do Rede: Marina Silva vem ao Espírito Santo em abril

0
15

DSC_0215-e1427411711788A ex-senadora Marina Silva (PSB) estará em terras capixabas no próximo mês, numa ação em prol do recolhimento de assinaturas para formalização do Rede Sustentabilidade. A informação é do prefeito municipal da Serra, Audifax Barcelos (PSB), que também contou que está ajudando na fundação do novo partido no Espírito Santo.

“Estou ajudando a Marina. Eu tinha uma relação muito boa com o Eduardo Campos (candidato à Presidência da República em 2014 pelo PSB, vitimado em acidente aéreo durante a última eleição). Na minha eleição para prefeito ele esteve na Serra, me ajudou muito nacionalmente. Com a vinda da Marina aqui (durante a campanha), eu me aproximei muito dela. Existe uma aproximação nossa não só do ponto de vista político, mas do ponto de vista pessoal também. E estou ajudando ela a montar a Rede”, contou Audifax.

IMG_1793
O líder estudantil Gustavo de Biasse que concorreu como deputado federal em 2014 é um dos líderes da Rede no Espírito Santo, ao lado o jornalista e funcionário público Marcos Kito, que é um dos apoiadores no sul do estado.

Ainda segundo o prefeito, “somente na Serra, mais de cinco mil fichas para que a Rede possa ser criada” foram encaminhadas para a organização nacional do movimento nas últimas semanas. “Na primeira quinzena de abril vamos trazer a Marina na Serra”, afirmou ele.

Apesar da movimentação em prol do Rede, Audifax não confirma sua saída do PSB. Entretanto, a informação já é ventilada no meio político capixaba. Supostas insatisfações com o ex-governador Renato Casagrande (PSB) e uma aproximação com o governador Paulo Hartung (PMDB) já eram interpretadas como fatos que culminariam na mudança de sigla por parte do prefeito. Entretanto, de acordo com as movimentações, é o Rede Sustentabilidade que deverá ser a nova casa política de Audifax.

A ida de Audifax para o Rede, pós-formalização da sigla, faria dele o principal quadro capixaba de seu partido, afinal, o prefeito comanda o maior município do Espírito Santo, em termos populacionais.

A relação com o PSB já não é das mais ativas. “Há meses eu não participo das reuniões do partido. Estou focado na minha gestão para a cidade”, argumentou. O prefeito lembrou ainda que trabalhou na última campanha, em 2014, em prol do partido socialista e que Renato Casagrande foi o candidato a governador mais votado na Serra: “O PSB não pode reclamar nada de mim”, opinou.

O Rede Sustentabilidade foi idealizado por Marina Silva após insatisfações no PV, seu antigo partido. Em 2011, a ex-senadora anunciou sua saída do Partido Verde e começou um movimento nacional para fundação da nova sigla. Em 2013, o Rede buscou sua formalização, que foi negada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por ausência das 492 mil assinaturas reconhecidas exigidas por lei para a sua  formalização. Marina filiou-se temporariamente ao PSB e concorreu à Vice-Presidência e, em seguida, à Presidência da República em substituição à candidatura de Eduardo Campos (PSB), então candidato e que foi vítima de um acidente aéreo fatal, durante o pleito de 2014.

A assessoria nacional do Rede Sustentabilidade confirmou a vinda da ex-senadora Marina Silva ao Estado, mas não soube precisar a data, que vai depender de ajustes de agenda. Informou ainda que o recolhimento de assinaturas para reapresentação do pedido de formalização do partido acontece em todo o País, inclusive no Espírito Santo.

 

Fonte: LEIA-SE