Padrasto é linchado por estuprar bebê de 1 ano em Cachoeiro

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Abuso Sexual, Agressão, Cachoeiro, Destaque, Geral, Internacional, Justiça, Mundo, Nacional, Polícia, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Tentativa de Homicídio

Tags: , , , ,

Publicado em 16 janeiro, 2018 com Sem Comentários

O caso aconteceu no bairro Gilson Carone, na noite desta segunda-feira.

Padrasto é linchado por estuprar bebê de 1 ano em Cachoeiro

Um homem de 43 anos foi hospitalizado após ter sido linchado por populares depois da notícia de que ele teria estuprado sua própria enteada, uma menina de 1 ano e três meses de idade, em Cachoeiro de Itapemirim.

O caso teria ocorrido no bairro Gilson Carone, por volta de 22h45 de segunda-feira e a autora da denúncia foi a mãe da criança, que morava com o acusado.

A mulher disse que eles estavam dormindo na mesma cama, sendo a filha no meio do casal, quando ao se virar flagrou o companheiro abusando de sua filha. Revoltada, a mulher começou a brigar com o acusado, que tentou fugir, mas foi detido por populares.

Além de detê-lo, a população começou a linchar o suspeito. As agressões só terminaram com a chegada da Polícia Militar, que já tinha sido acionada.

O acusado foi levado para a Santa Casa, medicado e, em seguida, conduzido para a 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro, mas começou a passar mal e retornou para o hospital.

De volta à Santa Casa, os médicos constataram que havia sangue no pulmão do suspeito, supostamente provocado pelas agressões sofridas durante o linchamento.

Depois de atendido, o acusado retornou para a delegacia. Segundo a Polícia Civil, o acusado foi autuado por tentativa de estupro de vulnerável e conduzido ao presídio.

O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar. A mãe também tem um filho de 3 anos.

A conselheira Cláudia Beatriz explicou que a criança foi levada ao Hospital Infantil pela Polícia Militar, por precaução, encaminhada para realizar exame de delito para confirmar ou não a violência.

A conselheira destacou que o hospital tomou o cuidado de manter mãe e filha em um setor isolado dos outros pacientes para preservar a família. O caso será encaminhado ao Ministério Público do Espírito Santo.

 

 

 

Fonte: Jornal O Fato

Sem Comentários

Comentários de Padrasto é linchado por estuprar bebê de 1 ano em Cachoeiro estão bloqueados