Petrobras vai aumentar produção de petróleo no ES no mês que vem

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Água, Animais, Cultura, Destaque, Dinheiro, Economia, Emprego, Entretenimento, Estado, Geral, Internacional, Meio Ambiente, Mundo, Nacional, Norte Capixaba, Politica, Política, Região Serrana, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Vitória-ES

Tags: , , , ,

Publicado em 26 setembro, 2017 com Sem Comentários

Novo poço no campo de Golfinho, no Litoral Norte, vai acrescentar 11 mil barris de óleo por dia.

Novo poço será interligado ao FPSO Cidade de Vitória, que opera no Litoral Norte Foto: Thiago Guimarães/Agência Petrobras

A partir do próximo mês, a Petrobras irá aumentar sua produção de petróleo no Espírito Santo. Em outubro, vai entrar em operação um novo poço no campo de Golfinho, a cerca de 60 quilômetros da costa de Aracruz, que irá incrementar a produção capixaba em 11 mil barris de óleo por dia.

A confirmação do início das atividades desse poço, o Golfinho 46, foi feita ontem pelo gerente-geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Petrobras do Espírito Santo (UO-ES), Ricardo Morais, durante visita, junto com a imprensa, à plataforma P-57, no litoral Sul capixaba, como parte das atividades de comemoração dos 60 anos da Petrobras no Estado.

Segundo Morais, o poço – interligado ao FPSO Cidade de Vitória – já está passando por testes e, nas próximas semanas, deverá iniciar a produção no campo, responsável atualmente por entre 20 mil e 25 mil barris de petróleo por dia, conforme dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Além de Golfinho, novos poços, desta vez no litoral Sul, estão nos planos da estatal para os próximos dois anos. Um, previsto para 2018, será interligado à plataforma P-58 e produzirá por dia 11 mil barris de óleo. Há ainda um outro projeto, no pré-sal da região do Sul do Parque das Baleias, em que o primeiro óleo deve ser em 2019.

Essas são apenas algumas das atividades que fazem parte dos investimentos bilionários da companhia para o Espírito Santo. De acordo com o Plano de Negócios 2017-2021, a estatal prevê investir cerca de US$ 2,7 bilhões (R$ 8,5 bilhões) nesse período.

Entre os grandes projetos dentro do planejamento para os próximos cinco anos, está um novo navio, o Integrado Parque das Baleias, previsto para operar em 2021. A esse FPSO, unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás, vão ser interligados 22 poços do pós e do pré-sal dos campos de Jubarte e Cachalote.

Atualmente, a Petrobras produz no Espírito Santo cerca de 370 mil barris de óleo por dia, o que coloca o Estado como o segundo maior produtor de ouro negro do Brasil, com uma participação de 15% na produção nacional, atrás somente do Rio de Janeiro. No Estado, a petrolífera gera cerca de 8 mil postos de trabalho diretos, sendo 2.500 de empregados próprios.

Parte de campo no ES é devolvida

A Petrobras devolveu à Agência Nacional de Petróleo (ANP) uma área de cerca de 100 quilômetros quadrados (km2) – do total de mais de 900 km2 – pertencente ao campo de Golfinho, no litoral Norte do Espírito Santo. Segundo a estatal, o local era improdutivo e, portanto, não fazia sentido mantê-lo. Para este ano, não há previsão de devoluções de outras áreas no Estado.

 

 

 

 

Fonte: Gazeta Online

Sem Comentários

Comentários de Petrobras vai aumentar produção de petróleo no ES no mês que vem estão bloqueados