Rigoni é o primeiro deficiente visual eleito deputado federal. Conheça a história do político!

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Cultura, Destaque, Economia, Educação, Eleições Sul, Emprego, Entretenimento, Escolas, Estado, Geral, Informática, Internacional, Mundo, Nacional, Norte Capixaba, Politica, Política, Política 2016, Região Serrana, Segurança, Sem categoria, Vitória, Vitória-ES

Tags: , , , , , ,

Publicado em 09 outubro, 2018 com Sem Comentários

Rigoni foi o segundo candidato ao cargo mais votado no Espírito Santo.

Com mais de 84 mil votos, o capixaba Felipe Rigoni (PSB) será o primeiro deficiente visual a ocupar a cadeira de deputado federal na Câmara. O jovem de 27 anos precisava de 80 mil votos para se eleger, mas alcançou a marca de 84.405 votos no último domingo (8), sendo o segundo candidato ao cargo mais votado no Espírito Santo.

Felipe é ainda o mais jovem parlamentar eleito no estado. A trajetória na política teve inicio em 2016, quando o engenheiro foi candidato a vereador em Linhares, sendo o décimo quarto candidato mais votado do município, com 1,4% dos votos válidos. “Eu estou estasiado de felicidade e de gratidão a todos os capixabas que confiaram na gente os quatro anos de mandato”, diz Rigoni.

“Eu tenho para mim que eu preciso transformar a vida das pessoas que estão ao meu redor, por isso que eu participei do Movimento Empresa Júnior, por isso que logo depois fui trabalhar com desenvolvimento humano e produtividade… Só que comecei a perceber que se eu quisesse transformar a vida das pessoas realmente, eu precisava melhorar a qualidade e a quantidade das oportunidades que elas têm. E foi aí que eu entrei na política”, afirma.

O jovem de 27 anos precisava de 80 mil votos para se eleger, mas alcançou a marca de 84.405 votos

Natural de Linhares, Felipe concluiu o curso de engenharia de produção pela Universidade Federal de Ouro Preto, em Minas Gerais, no ano passado. O desempenho exemplar rendeu ao então recém formado a oportunidade de realizar um mestrado de Políticas Públicas na Universidade de Oxford, na Inglaterra, após passar na seleção de três instituições.

“Eu vou usar de muito daquilo que aprendi como coach para fazer um bom mandato: sobre seleção de pessoas, produtividade, equipe… Isso vai me ajudar muito para selecionar minha equipe e para manter um mandato produtivo e que consiga representar as pessoas”, comenta Felipe.

Aos 15 anos, por conta de uma inflamação na retina, o jovem perdeu completamente a visão. Antes disso, para tentar frear o avanço da doença, Felipe foi submetido a mais de 17 cirurgias, sem sucesso. Foi justamente na dificuldade que ele se sentiu motivado a lutar para conseguir representar os interesses do povo e de seu estado no Congresso Nacional.

“A nossa prioridade principal é fazer um mandato coletivo, compartilhado com os capixabas. É por isso que nós vamos ter um conselho parlamentar que vai ter pessoas que representam todas as parcelas da população capixaba, para decidir junto comigo. Por isso nós vamos ter um site em que as pessoas vão poder opinar nas mais diferentes propostas que estamos levando ao Congresso e eu saber, em tempo real, o que os capixabas estão achando do nosso mandato para fazer algo próximo das pessoas e devolver aos brasileiros e brasileiras o sentimento de donos do Brasil”, finaliza Rigoni.

 

 

Fonte: Folha Vitória

Sem Comentários

Comentários de Rigoni é o primeiro deficiente visual eleito deputado federal. Conheça a história do político! estão bloqueados