Theodorico Ferraço coloca as asas de fora e mexe no ‘xadrez de Paulo Hartung’

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Cachoeiro, Destaque, Dinheiro, Economia, Educação, Eleições Sul, Emprego, Estado, Geral, Justiça, Nacional, Norte Capixaba, Politica, Política 2016, Região Serrana, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Vitória, Vitória-ES

Tags: , , , , , ,

Publicado em 29 novembro, 2017 com Sem Comentários

Theodorico Ferraço coloca as asas de fora e mexe no ‘xadrez de Paulo Hartung’

Fora da linha de combate direto ao governo Paulo Hartung nos últimos meses, o deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM) resolveu  colocar as asas de fora, mais uma vez. Não em plenário, com seus conhecidos discursos bombásticos. Mas demandando o próprio Palácio Anchieta. Nesta terça-feira (28), Ferração protocolou requerimento de informação ao secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Faria de Azevedo, sobre um assunto que explodiu no Estado e nacionalmente, pegando em cheio o governador: a matéria assinada pelo jornalista Luiz Nassif, veiculada no Jornal Digital GGN, na edição da última quinta-feira (23), que ainda repercute nas redes sociais e nos bastidores. Com o título “Xadrez de Paulo Hartung, o fiscalista que a Globo inventou”, a reportagem faz um dossiê dos três mandatos do peemedebista, em contraponto à imagem positiva que Hartung oferece à mídia nacional. Para além da questão política, aborda também os incentivos de Hartung na área econômica, os casos da empresa de consultoria da qual o governador era sócio – a Éconos -, as transações milionárias com grandes empreendimentos, etc., etc. e etc! Ferração quer saber: “quais foram as providências judiciais e ou pessoais tomadas contra as informações contidas na referida matéria; e se haverá um pedido de resposta oficial ao texto jornalístico. Se positivo, qual o conteúdo do mesmo?”. A considerar os personagens e o contexto, iniciativa do deputado não é à toa. Ferração vem aí?

Movimento paralelo
Detalhe, o requerimento do deputado surge em meio às informações publicadas na imprensa de que o senador Ricardo Ferraço (PSDB) pode ser o plano B de Hartung na disputa pela sucessão. Depois de ter o tapete puxado mais de uma vez, será que Ricardo ainda cai nessa? Theodorico não!
Ignorou
Hartung não compareceu, de novo, a uma sessão solene da Assembleia que iria homenageá-lo com comenda. O oba-oba dessa segunda-feira (27) foram os 50 anos do Banco de Desenvolvimento do Estado (Bandes). Os hartunguetes estavam lá em peso, menos o próprio.
Sem argumento
Na polêmica da inviabilização dos destaques para emendas à peça orçamentária de 2018, um ponto interessante: o líder do Governo na Casa, Rodrigo Coelho (PDT), acusado de ser o responsável pela articulação, sequer se deu ao trabalho de apresentar alguma explicação, na sessão dessa segunda na Casa. Fingiu que não era com ele e pronto.
‘Zzz…’
Por falar na Assembleia, não me lembro quem inaugurou a prática, mas os deputados só querem saber de apresentar vídeos em plenário. Tem produção que é denúncia, tem produção que é cafonice. Nunca mais faltou vídeo.
Caravana
Apesar das especulações sobre uma possível mudança de partido no próximo ano, o deputo federal Givaldo Vieira (PT) não dá a mínima pista nesse sentido nas redes sociais. Pelo contrário. Nas postagens mais recentes, avisa: “Estaremos com Lula em Vitória no dia 4, num grande ato público na Praça Costa Pereiras, às 18h, para receber o melhor presidente que o país já teve e que queremos de volta para acabar com os retrocessos temerários e trazer dignidade para o povo”.
Bonde lotado
Município com cerca de 68 mil eleitores, Aracruz deve ter pelo menos cinco candidatos a deputado estadual na disputa do próximo ano. Dois, em especial, devem delimitar o território por lá. O presidente da Assembleia, Erick Musso (PMDB), que tentará a reeleição, e o presidente da Câmara, Alcântaro Filho (Rede), apoiado pelo prefeito Jones Cavaglieri (SD).
‘Feira da Vale’
O governo do Estado seguia bem no programa de inaugurar Feiras Agroecológicas na Grande Vitória, até que…colocou a Vale no meio! A poluidora terá uma para chamar de sua, localizada no Parque Botânico, toda às quintas-feiras, das 10 às 16 horas. A empresa, que nunca foi boba, viu na iniciativa uma maneira de reforçar seu marketing verde. O governo, parceiro antigo, não pensou meia vez em atendê-la. Vai dizer que não havia outro lugar, até mais apropriado, em Jardim Camburi?
‘Feira da Vale’ II
O que não dá, mesmo, em hipótese alguma, é associar o nome da Vale a uma produção social e ambientalmente sustentável, que ao contrário do que faz há décadas no Estado, respeita o meio ambiente e a saúde. O governo forçou a barra, só pra variar.
Nas redes 
“Todas as placas de balneabilidade de frente para o mar nada informam. Dr. Luciano Rezende estamos aguardando seu esclarecimento”. (Juntos – SOS ES Ambiental – no Facebook).
PENSAMENTO:
“Ultrapassar os limites não é um erro menor do que ficar aquém deles”. Confúcio

Sem Comentários

Comentários de Theodorico Ferraço coloca as asas de fora e mexe no ‘xadrez de Paulo Hartung’ estão bloqueados