Vacinação contra Influenza ainda não atingiu meta para crianças, idosos e gestantes em Marataízes

Postado por kitosvideolocadora@hotmail.com. Categoria: Barra do Itapemirim, Cultura, Destaque, Economia, Educação, Entretenimento, Escolas, Estado, Geral, Interior, Internacional, Marataízes, Mundo, Nacional, Norte Capixaba, Região Serrana, Saúde, Segurança, Sem categoria, Sul Capixaba, Vitória-ES

Tags: , , , , , , ,

Publicado em 26 maio, 2018 com Sem Comentários

Vacinação contra Influenza ainda não atingiu meta para crianças, idosos e gestantes em Marataízes

A Secretaria de Saúde, através da coordenação de imunização alerta a população para a importância da vacinação contra a influenza – o vírus da gripe, disponível nas salas de vacina desde o dia 23 de abril, nas Unidade Básica de Saúde da Barra, Caic, Marataízes I (Próximo aos Correios), Marataízes II (próximo à Sudeste) e Lagoa Dantas.

O prazo para vacinar-se é até o dia 1º de junho e o município ainda não conseguiu atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde no grupo prioritário de crianças de 6 meses e menores 05 anos, idosos e gestantes. Os demais, professores, trabalhadores de saúde, detentos, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), funcionários do sistema prisional, pessoas com doenças crônicas, pessoas privadas de liberdade (adolescentes e jovens sob sistema socioeducativa), as metas estão quase atingidas.

Neste sábado (26) a equipe de vacinação realizou um mutirão na localidade de Brejo dos Patos, interior de Marataízes, na sede da Associação de Moradores e Agricultores Familiares de Brejo dos Patos – Ambrepa, das 8h as 14h.

A vacina é gratuita e trivalente, ou seja, protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o H1N1 e o H3N2. Lilian Domingues, coordenadora do Programa de Imunização, lembra que a vacinação é segura e só é contra-indicada para pessoas que tiveram reações alérgicas a ovos de galinha e seus derivados. Além disso, faz dois alertas, primeiro, sobre o tabu envolvendo os idosos, onde ressalta que ela não mata. Segundo, já foram registrados 23 casos de óbitos de crianças menores de 5 anos no Brasil, por falta da imunização. “Precisamos estar atentos e a prevenção está na vacinação.” Alerta a coordenadora.

Segundo dados da Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SIPNI) Marataízes atingiu 69,85%, faltando apenas uma semana para finalizar a campanha. Durante os próximos dias as equipes pretendem intensificar as ações em três grupos específicos, as crianças de 6 meses e menores de 5 anos (53,31% foram imunizadas), os idosos (76,63%) e as gestantes (47,30%). A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 90%.

Ainda não há informações se haverá prorrogação da vacina contra a influenza no município, por meio da Secretaria de Estado da Saúde – Sesa.

Sem Comentários

Comentários de Vacinação contra Influenza ainda não atingiu meta para crianças, idosos e gestantes em Marataízes estão bloqueados