Paulo Hartung assume terceiro mandato de Governador

0
19

POSSE-600x450Às 14h57 desta quinta-feira (1º), o governador eleito Paulo Hartung (PMDB) entrou na Assembleia Legislativa para ser empossado no cargo para o qual foi eleito em outubro, em primeiro turno. A sessão solene de posse estava marcada para as 15 horas. Ele chegou pelo térreo do Palácio Domingos Martins acompanhado do vice-governador eleito César Colnago (PSDB), da esposa, Cristina Gomes, do presidente da Casa, deputado Theodorico Ferraço (DEM), e de diversos parlamentares. Paulo Hartung cumprimentou o público e a imprensa presentes, que acompanharam a entrada do novo governador pelos corredores da Casa.

Hartung seguiu para o Salão Nobre da Assembleia Legislativa, enquanto o presidente Theodorico Ferraço, acompanhado de vários outros deputados e autoridades, foi para o plenário Dirceu Cardoso. Após alguns minutos, o governador e o vice-governador eleitos também foram conduzidos ao plenário pelos deputados Solange Lube (PMDB) e Roberto Carlos (PT), primeiro e segundo secretários da Mesa Diretora.

Várias autoridades compuseram a mesa do evento: o desembargador Anibal de Rezende Lima, representando o Tribunal de Justiça do Espírito Santo; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Alvaro Bourguignon; o presidente da Amunes, Dalton Perim; o procurador-geral de Justiça do Espírito Santo, Eder Pontes; o reitor da Ufes, Reinaldo Centoducate; o prefeito de Vila Velha, Rodney Miranda (DEM); os deputados federais Manato (SD) e Lelo Coimbra (PMDB); o presidente do Tribunal de Contas do Espírito Santo, Domingos Taufner; o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Marcello Maciel Mancilha; capitão de mar e guerra Marcos Aurélio de Arruda e o capitão de fragata Silvio Fernando Ferreira.

Rito

Após a composição da mesa, membros da Polícia Militar do Estado (PMES) e dos Bombeiros Militares entraram no Plenário com as bandeiras do Brasil e do Espírito Santo. A banda da PMES executou o Hino Nacional e o Hino do Espírito Santo, que foi entoado pelo público presente no plenário e nas galerias. Após a execução dos hinos, os militares realizaram a retirada das bandeiras.

Seguindo o Artigo 56, inciso XXVII, da Constituição Estadual, Paulo Hartung leu o compromisso de posse: “Prometo manter, defender e cumprir as Constituições Federal e Estadual, observar as leis e promover o bem geral do povo espírito-santense”, declarou.

Dando prosseguimento à solenidade, a deputada Solange Lube fez a leitura do termo de posse. Logo após, o governador e os membros da Mesa Diretora assinaram o novo livro de posses, já que o que estava em uso está fragilizado e será guardado em condições especiais e preservado para pesquisa histórica, segundo o secretário-geral da Mesa, Carlos Eduardo Casa Grande. A primeira assinatura registrada no livro antigo é a do ex-governador Carlos Monteiro Lindenberg, em 1947.

Ferraço, muito emocionado e com a voz embargada, declarou Paulo Hartung como novo governador do Espírito Santo. Os mesmos procedimentos foram realizados para a posse de César Colnago como vice-governador.

Discursos

Designado por Ferraço, o deputado Roberto Carlos saudou os empossados em nome da Assembleia Legislativa. “Saúdo o governador eleito e o vice. Parabenizo-os, na certeza de quem disputou a eleição de forma leal e responsável. Não tenho dúvida nenhuma de que o Espírito Santo terá quatro anos de prosperidade. Estou muito esperançoso com o futuro do nosso Estado. O Espírito Santo está nas mãos de homens e mulheres ungidos pelos votos da população capixaba. Salve o Espírito Santo”, saudou o segundo secretário da Mesa Diretora.

Após a saudação, Paulo Hartung fez o seu primeiro discurso como governador empossado, da tribuna do Plenário Dirceu Cardoso. Ele ressaltou sua trajetória política e principais desafios que deve enfrentar, principalmente quanto ao equilíbrio das contas públicas.

O novo governador foi aplaudido de pé pelo grande público presente e cumprimentado pelos parlamentares. Após o discurso, Paulo Hartung foi acompanhado por César Colnago, deputados e autoridades para o Palácio Anchieta, onde recebeu a faixa de governador do Estado.

 

Fonte: AQUIES