Polícia procura terceiro acusado de amarrar e espancar idoso até a morte em Guarapari

0
34
Orácio Nascimento, terceiro suspeito do crime, ainda está foragidoFoto: TV Vitória
Orácio Nascimento, terceiro suspeito do crime, ainda está foragido Foto: TV Vitória

O aposentado colecionava pedras semipreciosas e teria sido vítima de um latrocínio; Após denúncias anônimas, os namorados Ben Hur Braz e Alice Patrocínio foram detidos.

O terceiro suspeito de participar da morte do aposentado Sady Baiense Vailante, de 73 anos, na última sexta-feira (17), na zona rural de Guarapari, continua foragido. Os outros dois acusados, Bem Hur Braz do Nascimento, de 20 anos, e Alice Patrocínio Monteiro, de 19, foram presos horas após o crime.

O aposentado colecionava pedras semipreciosas e morava sozinho no sítio localizado em Condados, em Guarapari. Segundo a polícia, ele foi vítima de latrocínio – roubo seguido de morte. De acordo com os policiais, uma mulher chamou Sady no portão. Quando ele abriu a porta, dois homens apareceram. O idoso teve as mãos e os pés amarrados e foi espancado até a morte.

Após denúncias anônimas, os namorados Ben Hur Braz e Alice Patrocínio foram detidos pela Polícia Civil em um ponto de ônibus no bairro Ipiranga. Com o casal, foram apreendidas mochilas com objetos pessoais, uma espingarda calibre 28 e pedras semipreciosas. A arma e as pedras foram roubadas.

Em depoimento, Ben Hur disse que o crime aconteceu na noite de quinta-feira (16), mas familiares da vítima afirmaram que o idoso foi visto em uma loja na sexta-feira (17). O corpo do aposentado foi encontrado no sábado (18).

De acordo com o delegado Jefferson Gomes, Orácio Heleodoro Nascimento Neto, de 21 anos, é irmão de Ben Hur e teria participado do crime. Orácio foi quem mais bateu no aposentado.

Ben Hur e a namorada foram autuados pelo crime de latrocínio e por porte ilegal de arma. O rapaz foi encaminhado para o presídio de Guarapari e Alice foi levada para o presídio feminino, em Cariacica.