Prefeito de Itapemirim é afastado do cargo por 90 dias

0
20

O prefeito de Itapemirim, litoral sul capixaba, Luciano Paiva Alves(PROS), foi afastado do cargo por 90 dias. A decisão da segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), publicada na tarde desta quarta-feira (26), se deu por conta de um novo pedido de afastamento, solicitado pelo Ministério Público Estadual (MPES), onde ele é réu em ação penal.

Durante o julgamento, Adalto Tristão entendeu pelo afastamento do prefeito, apesar de ter sido recentemente conduzido ao segundo mandato. Para ele, as medidas cautelares são admitidas para a preservação do erário público e da probidade administrativa quando presentes o “risco de dano irreparável à Administração”. Já a defesa alega não existir elementos suficientes para a decretação de uma nova medida contra o prefeito.

No ano de 2015 o prefeito que hoje foi afastado, pediu a saída do desembargador Adalto Dias Tristão da relatoria do procedimento investigatório contra ele no Tribunal de Justiça do Estado (TJES). No pedido de suspeição, Doutor Luciano afirma que foi prejudicado por decisões do magistrado em decorrência do eventual interesse na causa. Ele cita o fato de o desembargador ser pai de dois advogados da ex-prefeita do município, Norma Ayub Alves (DEM), sua principal adversária política.

Luciano esteve na mídia nos últimos dois meses inaugurando duas lindas Unidades de Saúde, uma na localidade de Itaipava e outra no bairro de Campo Acima, além de assinar ordem de serviço de uma importante rodovia que beneficiará economicamente o sul do estado. Com o afastamento do prefeito, caberá ao vice, Dr. Thiago Peçanha, inaugurar as outras três Unidades de Saúde que estão prontas, além das três escolas que já estão em fase final de acabamento.

Paiva é adversário político do Deputado Ferraço, o coronel, como é conhecido, viu sua esposa Norma Ayub, ser derrotada nas últimas eleições municipais por mais de 9 mil votos de diferença. Segundo alguns moradores de Itapemirim o afastamento do prefeito, que é querido pela maioria da população pode ter acontecido pela influência do Deputado.

O vice, Thiago Peçanha assumi o cargo durante o período. A reportagem tentou contato com assessoria jurídica do prefeito mas ainda não obteve sucesso. Thiago, por sua vez se encontra tranquilo e hoje cumpriu sua agenda como vice-prefeito, participando de um ato em favor dos pescadores que lutam para derrubar a PEC 445 que proibi a pesca e comercialização de 475 espécies de peixes.